METODOLOGIA DA MEDICINA VETERINÁRIA SISTÊMICA

 

MODELO DE FORMAÇÃO DESENVOLVIDO PELA DRA. CARLA SOARES E DR. RICARDO GARÉ COM MÓDULO DE AUTOCUIDADO POR  DRA. PÉTULI CONSENTINI – 

Em nossa metodologia, desenvolvemos uma visão aonde o profissional formado em Visão Sistêmica e com bases terapêuticas integrativas associadas, está na teoria e na prática APTO para exercer de forma EXTRAORDINÁRIA a Medicina Veterinária Sistêmica.

 

Em nossa metodologia há uma obrigatoriedade ao autocuidado. O Médico Veterinário Sistêmico desenvolverá seus trabalhos na área da Psicoterapia Breve relacionado aos animais que estão inseridos de forma equivocada dentro dos sistemas familiares humanos (família multiespécies). O Médico Veterinário Sistêmico igualmente estará capacitado para atuar junto a todas as questões pertinentes à área da Medicina Veterinária, Produção Animal, Bem-Estar Animal, Empresas e o meio Corporativista e Empresarial (estrutural), Educação e Formação nas Instituições e Acadêmico (parte pedagógica), no Âmbito Jurídico e Ético da Medicina Veterinária (nas reconciliações e mediações), na Tecnologia e Ciência, tendo todas estas áreas o foco nas Relações Interpessoais e o Desenvolvimento Humano.

A Visão Sistêmica se pauta em inclusões e qualquer aspecto excludente será desconsiderado na abordagem. A base estrutural do Médico Veterinário Sistêmico é ser um facilitador de processos transformadores nos sistemas familiares (abordagem psicoterapêutica) e empresariais (estrutural e organizacional) que possam estar afetando a saúde dos animais direta ou indiretamente.

O principal aspecto do Médico Veterinário Sistêmico é ter recursos terapêuticos para lidar com ele próprio e com os sistemas familiares aos quais os animais estão inseridos.

A dificuldade e a falta de capacitação que os Médicos Veterinários têm em lidar com as demandas emocionais e relacionais das famílias dos tutelados (animais/pacientes), permite que os sinais e sintomas da Síndrome de Burnout sejam potencializados pela desidentificação que a “criança veterinária” possui desde a sua escolha inicial em ser Médico Veterinário.

MEDICINA VETERINÁRIA SISTÊMICA: A MEDICINA DO TERCEIRO MILÊNIO

A Medicina do Terceiro Milênio tem avançado com rapidez na tecnologia e no desenvolvimento de medicamentos e tratamentos de forma esplendorosa. Contudo, ela igualmente tem exigido dos profissionais de saúde, recursos técnicos, terapêuticos e internos para lidar com os aspectos humanos da medicina veterinária, que são as demandas emocionais e as relações entre pessoas e as demais espécies.

Assim, se tornar um Médico Veterinário Sistêmico é se preparar tecnicamente para ser um psicoterapeuta para famílias multiespécies, buscando ainda soluções de reconciliação e apaziguamentos relacionais, promovendo organização estrutural de empresas da área e buscando acima de tudo, um autoconhecimento capaz de habilitá-lo a transcorrer em seu caminho laboral e de vida com mais felicidade e menos Burnout.

O Médico Veterinário Sistêmico, estará apto a buscar ferramentas terapêuticas para o autocuidado e evoluir concomitantemente ao seu paciente e a família do tutelado. Ele passa a co-dividir os processos de cura e de transformação, transferindo parte da responsabilidade aos tutores, diminuindo a culpa e as exigências de ações heróicas e desmedidas, que afetam o emocional do profissional, levando-o a desenvolver desordens psíquicas como Síndrome de Burnout.

Toda equipe de desenvolvimento do Curso está profundamente empenhada para que novo e mais acadêmicos e médicos veterinários tenham acesso a esta formação. O curso acontecerá em São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro.

Todas as informações de matricula, inscrições, datas e conteúdos você encontra no site http://www.veterinariasistemica.com.br

Um carinhoso abraço

Dra. Carla Soares e Dr. Ricardo Garé
Co-Founders do CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA SISTÊMICA