Solstício de Inverno e a Medicina Veterinária: Uma Cosmovisão dos Cuidados e Adoecimentos

A medicina sob uma ótica integrada às leis da natureza e cósmicas deve ser respeitada.

O solstício de inverno é um fenômeno cosmológico que acontece em momentos diferentes nos hemisférios norte e sul, mas em ambas as partes, é um fenômeno particular que é cultuado e respeitado em diversas culturas, como os Celtas e os Chineses.

Atualmente, no Ocidente, tem se dado uma atenção aos aspectos influenciadores do Solstícios em nossas vidas. Quando estamos conectados a nós e a natureza, conseguimos sentir naturalmente e intuitivamente essas forças, e com isso, nos alinhamos aos seus aspectos energéticos.

O solstício de inverno teve seu início no hemisfério sul em 21 de junho, e isso significa que o sol encontra-se em sua angulação máxima de distância da linha do equador, o que torna as noites mais longas e os dias mais frios.

Para a Medicina Tradicional Chinesa, o solstício de inverno (Dong Zhi) que no Oriente e Ásia ocorrem em dezembro, significa que estamos sob a influência predominante, mas não exclusiva, da energia Yin. O que isso quer dizer?

Que sob os aspectos clínicos, os seres ficam mais quietos, mais introspectivos, havendo necessidade de uma diminuição dos ritmos e das atividades. É um momento de reflexão, de recolhimento e de descanso, inclusive para os animais. Não force-os. Devemos respeitar esse momento com muito amor.

Com a predominância da energia Yin, devemos olhar para nós e para os animais com um cuidado especial ao funcionamento dos rins, bexiga, pulmões e articulações, sobretudo, em pacientes geriátricos. O elemento que rege esse momento e essa energia é a água.

Para mantermos um equilíbrio neste período, devemos aquecer nosso corpo e dos nossos animais. São indicados chás, sopas e caldos e o fornecimento de alimentos bem líquidos e aquecidos.

Tratamentos integrativos que aqueçam são os mais indicados, como o uso de Moxabustão, de Cones, de Pedras Quentes (Medicina Tailandesa e Indiana). Na alimentação nossa e dos nossos animais, são indicados alimentos que aqueçam, como gengibres, canelas, brócolis, legumes e sementes oleaginosas.

Numa visão ainda sistêmica e integrada, o ambiente (nossa casa) devem ser cuidados para que todas essas energias possam ser acolhidas e potencializadas.

Assim recomenda-se óleos essenciais para limpeza da casa com mirra, canela e cedro. O aroma pode ser sinergeticamente melhorado através de incensos de mirra e cedro. Banhos e escalda pés com alecrim, hera, canela, folhas de laranja e limão são os mais indicados, tanto para você, como para seu animalzinho.

O solstício de inverno é um período de morte e renascimento, de celebração do continuum que é a vida. Cuide deste momento tão especial, e procure médicos veterinários, médicos humanos e terapeutas que estejam em sintonia com uma medicina cósmica e multicultural, pois tudo pode ser aproveitado de forma a potencializar sua saúde e não as doenças.

Dra. Carla Soares
Médica Veterinária Holística/Integrativa
Diretora do portal Soul Vet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *