Como o Reiki atua nos processos de cura?

Muitas pessoas perguntam com frequência como é e o que faz uma sessão de Reiki. Entenda mais sobre como o Reiki pode auxiliar em diversos casos de recuperação física e/ou emocional.

Você já deve ter ouvido falar que o Reiki é um método holístico de tratamento e tem caráter integrativo, que alivia dores e equilibra o organismo e, além disso, proporciona mudanças internas que auxiliam no sentimento de paz interior, plenitude e diminuição do stress e da ansiedade.

Mas o que significa tudo isso e como o Reiki age em todo esse processo?

Primeiro, vamos falar sobre o termo holístico  para ficar mais claro como o Reiki atua conforme as sessões. A palavra vem do vocábulo grego HOLOS, que significa totalidade.

Dentro dos estudos terapêuticos na área de campo de energia dos seres vivos, isso significa a interligação direta entre os sistemas do indivíduo, ou seja, o entendimento da influência direta na saúde física e emocional do indivíduo a qualidade de livre fluxo energético desse campo de energia que permeia o corpo e faz parte dele – o sistema funciona em conjunto e ressonância em todas as suas extensões, físicas e sutis.

O Ocidente hoje vive uma fase de resgate de sabedorias antigas que o Oriente já desenvolve com maior naturalidade desde a antiguidade, como no caso da Medicina Tradicional Chinesa, a Acupuntura e a Medicina Ayurvédica.

Equilíbrio emocional e mental, fluxo de energia vital, desbloqueio de chakras e expansão de consciência são temas que não podem mais ficar longe da pauta do ser humano hoje em dia.

O colapso mundial de valores humanos e a insustentabilidade da relação com o planeta, a saúde e a sanidade do homem, que hoje vive em ansiedade, depressivo, com má alimentação e pouca consciência de como seus sentimentos e busca de autoconhecimento atuam diretamente na saúde física e vitalidade, nos colocam em uma posição de necessidade de expansão do conhecimento sobre o funcionamento holístico do corpo e de tudo que nos rodeia.

O sistema de energia humano e animal

O corpo físico tem a sua organização biológica de distribuição de energia em seus sistemas e tecidos, mas também é sustentado pelo corpo energético, nutrido por energia vital (Ki, Chi, Prana, entre outras nomenclaturas), que passa pelos meridianos (canais) e pontos de captação, distribuição e expansão dessa energia – os chakras

O bom funcionamento do corpo físico depende de um livre fluxo de energia vital no sistema de energia do indivíduo, sendo que cada chakra rege e equilibra o funcionamento de uma glândula do corpo, que por sua vez é responsável por diversos órgãos e funções no organismo.

O corpo energético é composto por um complexo sistema de energia que possui milhares de pontos, mas são sete os principais. Cada chakra é o encontro de diversos canais de ki que se encontram em um ponto formando um vórtice giratório de energia que alimenta o corpo físico e sutil através de cada um dos 7 principais chakras, posicionados ao longo da coluna vertebral.

O mais importante de se entender aqui é o termo holístico no meio de tudo isso, cada parte desse sistema possui diferentes níveis de vibração. As mais densas formam o corpo físico e as primeiras camadas do corpo energético e as mais sutis compõe o campo vibracional das camadas relacionadas a aspectos emocionais, mentais e espirituais da consciência que utiliza esse sistema para se manifestar no mundo físico. Não há separação entre físico e energético, há um sistema de polaridades que em equilíbrio resultam um corpo físico saudável.

Legenda da foto: Chacras nos animais

O costume é relacionar a doença somente com o corpo físico e direcionar o tratamento exclusivamente a ele, mas como vimos anteriormente, não é só desta camada que somos compostos.

Cada chakra rege uma área do desenvolvimento psíquico/emocional/mental e uma glândula específica, que cuida de vários órgãos em comum.

A raiva e a irritabilidade, por exemplo, estão ligadas ao chakra básico e são as suprarrenais as glândulas correspondentes no corpo físico. Elas estão ligadas à produção de adrenalina e à resposta imediata em sinal de perigo. Problemas de pressão, circulação, no intestino e nos rins indicam bloqueios na captação e assimilação de energia vital pelo chakra básico.

Bloqueios energéticos nos chakras são formados por desequilíbrios que podem ser de ordem sutil – impaciência, agressividade, ansiedade, medos, padrões de pensamento, traumas – tudo o que envolve o mental, emocional e espiritual; ou de ordem física, pois a falta de cuidado ou abusos com o corpo, geram também desequilíbrio na área sutil.

Essa é a interdependência do cuidado físico e energético que ilustra o significado do termo holístico e o caráter integrativo se dá pela soma da medicina tradicional e as terapias e métodos, holísticos ou não, que agregam ao bem-estar do indivíduo e trazem benefícios ao processo de recuperação ou manutenção da qualidade de vida.

O Reiki cuida do equilíbrio energético, trabalhando questões emocionais, mentais, padrões de comportamento, traumas e, além disso, promove no corpo o equilíbrio de funções, alívio de dor, fortalecimento do sistema imunológico, entre outros benefícios, justamente pela energização que a canalização de Ki gera ao corpo físico, fortalecendo-o e desfazendo bloqueios de energia estagnada não trabalhada.

O Rei, que corresponde à energia não polarizada, canalizada do universo, ao qual e do qual toda consciência faz parte, traz o caráter de cura das questões dos campos energéticos, trabalhando através dos símbolos tibetanos e japoneses tradicional do Sistema Reiki, o campo emocional, mental e espiritual.

O Rei+Ki é junção dessas energias canalizadas durante a sessão, uma que cuida do aspecto físico e energético mais denso e a outra que trata os campos mais sutis de constituição do ser.

Como funciona a sessão?

É comum que durante a sessão cada terapeuta use técnicas opcionais de relaxamento, como música, algum tipo de incenso, óleo essencial ou o uso associado de outros métodos integrativos, como no caso da Animastê que utiliza a cristaloterapia e a massagem relaxante para os animais, juntamente com a sessão de Reiki.

Durante a sessão, quem recebe a energia fica geralmente deitado ou sentado para melhor relaxamento e o terapeuta faz a aplicação da energia. É importante dizer que no Reiki o contato físico não é necessário, dependendo da área do corpo e da preferência do receptor, o Reiki pode ser aplicado com leve toque, curta distância, média distância ou longa distância.

No caso de animais, é comum que os mesmos transitem pelo recinto ou pela casa durante a sessão e alternem durante a mesma à maneira que desejarem receber o Reiki – podendo andar no início e terminar a sessão com contato direto com as mãos do terapeuta.

Legenda Foto: Aplicação de Reiki para grupo de gatos em média distância

As sensações durante uma sessão de Reiki são relaxamento, calma, limpeza mental, diminuição do ritmo cardíaco, sensação de paz interior e vitalidade corporal.

Já os benefícios ao corpo além do relaxamento são o fortalecimento do sistema imunológico, equilíbrio hormonal, diminuição de dores e efeitos colaterais de medicamentos, desintoxicação do organismo e aceleração do processo de reconstituição tecidos, pontos e fraturas. No caráter sutil, há o trabalho de traumas emocionais, auxílio em momentos de tensão emocional e psicológica, diminuição do stress e trabalho de padrões mentais que geram bloqueios energéticos que afetam todo o sistema.

É importante dizer que o Reiki é um método de tratamento holístico e integrativo, ou seja, o foco é o equilíbrio energético que repercutirá em um melhor funcionamento corporal e resposta ao processo de doença/cura que o ser estiver vivenciando, seja ele de ordem física, emocional ou mental.

Já o tratamento e diagnóstico do corpo físico e doenças que já se manifestaram devem ser sempre assistidos e realizados por médicos veterinários, alopáticos ou homeopáticos.

O Reiki pode atuar como terapia preventiva e pode ser usada como ferramenta de autoconhecimento e expansão de consciência e também, principalmente hoje, como método integrativo que cuida do receptor de maneira holística e complementa o cuidado ao ser, atuando diretamente em sua saúde e suas extensões sutis.

Acompanhe o blog e os vídeos da Animastê – Reiki Animal para mais informações sobre o Reiki. Logo mais será aberta a agenda de Seminários de Reiki da Animastê, com foco em pessoas e animais. Fique ligado!

Tatiana Scoleso
Mestre em Reiki
Terapeuta Animal
www.animaste.com.br
Agendamentos: contato@animaste.com.br

Uma resposta para “Como o Reiki atua nos processos de cura?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *